Painel solar: como funciona essa tecnologia?

O painel solar tem ganhado destaque entre as empresas e indústrias, pois ajuda na diminuição de custos e reduz os impactos ambientais.
3 minutos de leitura

O painel solar tem ganhado destaque entre as empresas e indústrias, pois ajuda na diminuição de custos e reduz os impactos ambientais. Entenda melhor!

Você sabia que a energia solar é gerada com a ajuda de um painel solar?  Essa tecnologia converte a radiação solar diretamente em energia elétrica, por meio do efeito fotovoltaico. Atualmente, o material mais difundido para o uso é o silício.

Esse tipo de energia tem se tornado cada vez mais necessário, pois auxilia na redução dos custos de produção de empresas e indústrias, diminui os impactos no meio ambiente e aumenta a produção energética do país. Se você ficou interessado neste tema e quer entender melhor o funcionamento de um painel solar, leia o conteúdo até o final! 

Por que as empresas têm investindo em energia solar? 

De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), entre janeiro e maio de 2020 foi instalado 1 GW de geração solar fotovoltaica no Brasil, chegando ao número de 5,5 GW de potência instalados. Contudo, o setor ainda considera o número baixo, pois o potencial de crescimento é muito maior. 

O mercado já tem percebido o potencial da energia solar. Além do mais, com todas as mudanças climáticas ocorrendo, é urgente que alguma ação seja feita. Assim, investir em energias limpas é uma tendência promissora e que só deve aumentar nos próximos anos. Além das grandes indústrias e empresas, agora é a vez do agronegócio e o setor público voltarem sua atenção à energia solar. 

Para os produtores do campo, essa alternativa é um modelo interessante para incorporar os processos produtivos, como a irrigação. Outro setor que tem investido nessa tecnologia é o setor público. Nos últimos anos, a geração fotovoltaica está sendo cada vez mais incluída em políticas públicas de todas as áreas. Como prova, já há cidades e estados desenvolvendo licitações para que esse tipo de energia seja instalado em escolas, conjuntos habitacionais e edifícios públicos. 

Como ocorre a geração de energia por meio de painel solar?

No caso de grandes empresas e indústrias, a geração de energia solar acontece de forma semelhante aos processos em residências, mas é preciso que seja feita em larga escala devido ao tamanho dos sistemas fotovoltaicos. A parte aparente do sistema é composto por uma série de painéis solares, que precisam ser bem posicionados de modo que recebam grande incidência solar, aproveitando o máximo de sol durante o dia. 

Por dentro das placas, há o sistema que converte a luz em energia. As células fotovoltaicas recebem a luz solar, que é transferida para os elétrons que começam a se movimentar. É por meio desse movimento que ocorre a geração elétrica. Ou seja, há uma série de fatores e processos que precisam ocorrer para que a energia seja gerada. Assim, é importante que haja um planejamento bem elaborado de implementação para que o sistema fotovoltaico atenda todas as necessidades da empresa. 

Quais as vantagens desse sistema? 

Uma das principais vantagens ao utilizar um painel solar para gerar energia em empresas e indústrias é a economia nas contas. Ao optar por essa tecnologia, é possível conseguir subsídios e incentivos fiscais e bancários para implementar o projeto. Assim, além da contribuição com a sustentabilidade, o negócio se torna mais competitivo frente aos concorrentes. 

Outro benefício é que em boa parte do país há grande incidência solar durante o ano todo. Dessa forma, é possível converter luz em energia durante muitos meses do ano, tornando-se menos dependente das companhias elétricas. Portanto, podemos concluir que o painel solar faz parte de uma tecnologia importante e necessária para a geração de energia limpa e sustentável. Ademais, essa opção é um diferencial para empresas que desejam crescer e investir em desenvolvimento. 

Leia o artigo do CEO e fundador do grupo GNPW, Marcos Antonio Grecco: “Investindo em energia solar no Brasil”

Comente

Não há comentários sobre este post. Seja o primeiro.

Deixe um comentário