Archives of Mercado de Energia

Como funciona a geração compartilhada de energia?

Como funciona a geração compartilhada de energia?

Você sabe o que é a geração compartilhada? A Resolução Normativa Nº 482, criada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), publicada em 2012, criou regras para o segmento de geração distribuída no Brasil. Depois, em 2015, por meio da Resolução Normativa 687, a norma recebeu algumas alterações que facilitaram a adesão do consumidor. Ela aumentou o prazo para uso dos créditos energéticos e a redefinição de potência dos sistemas.
Continue Lendo...
Panorama da geração de energia limpa no Brasil!

Panorama da geração de energia limpa no Brasil!

Você sabe como é a geração de energia limpa no Brasil? Primeiramente, é importante definir o conceito. Energia limpa é toda energia renovável que não emite substâncias poluidoras em sua produção ou uso. Nesse caso, são consideradas energias limpas: energia solar, eólica, geotérmica, hidráulica, biomassa e maremotriz.
Continue Lendo...
Energia eólica no Brasil: qual a sua importância?

Energia eólica no Brasil: qual a sua importância?

A energia eólica é uma fonte energética limpa e renovável que vem ganhando destaque no Brasil. A geração por meio da energia eólica se dá com o uso de recursos naturais, em que o vento gira uma enorme hélice conectada a um gerador, criando energia mecânica e transformando-a em eletricidade.
Continue Lendo...
Perspectivas do Mercado de Energia para 2021

Quais as perspectivas do mercado de energia para 2021?

A pandemia que assolou todo o mundo em 2020 impôs severas restrições para conter o aumento da infecção causada pelo coronavírus e causou impacto significativo no mercado de energia. Com o lockdown em diversos países, as vendas de combustíveis diminuíram, bem como o consumo, que fez com que fábricas e indústrias diminuíssem a produção. No Brasil, a produção industrial recuou 18% em abril de 2020.
Continue Lendo...
O que é energia de reserva

Você sabe o que é energia de reserva?

A energia de reserva foi criada com objetivo de ser complementar à quantidade contratada no ambiente regulado (ACR). As fontes são complementares ao regime hidráulico, sendo utilizadas em grande parte quando há escassez de água. Assim, as usinas contratadas para gerar energia de reserva operam na base de geração do SIN, contribuindo para que sempre tenha uma capacidade ociosa que possa ser utilizada em caso de aumento de demanda. Entenda melhor lendo o conteúdo até o final.
Continue Lendo...
  • 1
  • 2