Releases

Blog GNPW

Energia solar no Brasil

By | energia | No Comments
Investindo em energia solar no Brasil
Desde 2005, o governo brasileiro oferece às empresas privadas a oportunidade de vender energia no mercado regulado de longo prazo, onde não somente uma, mas praticamente todas as empresas de utilidade pública assumem a participação como compradores em contratos de compra de energia com contratos de 15 a 30 anos. Esse PPA, de acordo com Sr. Marcos Grecco, torna-se um poderoso instrumento diversificado para gerar fluxo de caixa previsível (mais de 30 empresas – distribuidoras de energia – privadas e estatais se posicionam como compradoras, com garantias soberanas do governo para cada uma delas).
Juntamente com o baixo risco operacional da energia solar, o alto recurso solar do Brasil com quase o dobro do que os principais países de energia solar, como a Alemanha e a Espanha e incentivos fiscais e tarifários do Governo Brasileiro, o Brasil oferece um pano de fundo para oportunidades de investimento em geração extremamente interessantes. com surpreendentes retornos ajustados ao risco esperados de fluxos de caixa altamente previsíveis. No caminho do crescimento da energia solar no Brasil, o Grupo GNPW esta desenvolvendo aproximadamente 1GW de projetos solares além dos projetos que o grupo detém atualmente na área de gás com projetos termelétricos associado a terminais de LNG operados com FSRU. Esperamos que nos próximos 5 anos tenhamos uma carteira de mais de 5GW em projetos de energia no Brasil, informa o CEO do grupo GNPW, Sr. Marcos Grecco

Overview

By | energia | No Comments
Overview
De acordo com nosso CEO, Sr. Marcos Grecco, o Brazil é o maior mercado de energia renovável da América Latina. O País  apresenta um dos maiores compromissos com a energia renovável e espera-se investimento contínuo no crescimento da capacidade solar, eólica e hidrelétrica.
Com aproximadamente 76% de sua eletricidade a partir de recursos renováveis, a matriz energética do Brasil mostra a energia eólica como fontes importantes em sua expansão, com um novo foco no desenvolvimento de energia solar – desde que o Brasil crie estruturas de investimentos e incentivos que se assemelhe aos padrões que foram aplicadas à energia eólica.
De acordo com a Bloomberg, até 2040, mais de US $ 10 trilhões devem ser investidos em novos projetos de geração de energia em todo o mundo, onde mais de US $ 7 trilhões serão destinados à energia solar e eólica. Com a expectativa de que os custos de implementação de energia solar diminuam aproximadamente 66% neste período, Sr. Marcos Grecco acredita que a energia solar está posicionada para estar na vanguarda desses investimentos.
Fluxos de caixa estáveis ​​e de longo prazo são o que tornam um ativo de investimento atraente, e é isso que as agências de planejamento de energia do Governo Brasileiro pretendem oferecer. Em um esforço conjunto do MME (Ministério de Minas e Energia), ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), EPE (Agência de Pesquisa Energética) e CCEE (Câmara de Comércio de Energia Elétrica), principais autoridades em regulação de energia, tem tornado o Brasil num dos mais robustos e diversificados ambientes de investimento em energia.

Evento de Assinatura do Contrato de Gás para UTE Porto de Sergipe

By | energia, Leilão A5 | No Comments

Nesta quarta-feira (27) a Golar GNPW participou da cerimônia de assinatura do contrato de fornecimento exclusivo de GNL, com a ExxonMobil, para a Usina Termelétrica Porto de Sergipe no Hotel Copacabana Palace. O projeto tem capacidade de geração de 1,5 GW que correspondeu a 78,9% de toda a demanda de energia contratada no Leilão A-5 de abril de 2015.

A cerimônia contou com a presença do governador de Sergipe, Jackson Barreto, Rob Franklin, Presidente da ExxonMobil Gas & Power Marketing Company, o Vice-Presidente Richard Guerrant, Gary Smith CEO da Golar Management, além de outras presenças ilustres.

“Este projeto consolida a vocação de fornecedor de energia que Sergipe possui para o restante do país. Sei que não teremos o projeto finalizado até o final do meu mandato, mas estará iniciado, muito bem estruturado e produzindo resultados para o nosso estado e para o nosso país. É uma grande aposta no nosso futuro, no futuro das nossas gerações. É uma fronteira nova que estamos trazendo para Sergipe, gerado empregos, trabalho e felicidades para meu povo. Da parte do governo, os senhores podem esperar todo apoio e transparência nas relações” disse Jackson Barreto em seu discurso.

Habilitação dos Projetos GNPW A-5 2016

By | energia, Leilão A5 | No Comments

O Diário Oficial da União (n°70 – Seção 1) publicado nesta quarta-feira (13), divulgou a definição dos montantes de “garantia física de energia das Usinas Termelétricas – UTE´S Despachadas por Mérito Econômico” com relação à participação no Leilão A-5 2016, que vai contratar energia elétrica para ser entregue ao mercado a partir de 2021.

Dentro destes, estão habilitados três projetos desenvolvidos pela GNPW que são a UTE Amapá GNPW, movida a carvão mineral importado, UTE Governador Marcelo Deda, movida a gás natural e UTE Laranjeiras I, também movida a gás natural.

O leilão está marcado para ocorrer dia 29 de abril de 2016 e, de acordo com o presidente da EPE, poderá ser o maior leilão de energia elétrica realizado no mundo.

Mais informações sobre o leilão podem ser encontradas no site da Empresa de Pesquisa Energética.

Diário Oficial da União nº 70 Seção 1

Golar GNPW Brasil e Exxon assinam contrato de fornecimento de LNG

By | energia, Leilão A5 | No Comments

A joint venture Golar GNPW Brasil participações S.A. (“Golar GNPW”), formada pelas empresas independentes GNPW Participações S.A. e a inglesa Golar LNG Limited anunciaram hoje um acordo de fornecimento de gás natural com a Exxon Mobil Titan LNG Ltd para a usina de geração no estado de Sergipe.

O projeto Porto de Sergipe de aproximadamente 1,500MW terá um suprimento de gás exclusivo da ExxonMobil bem como as possíveis expansões do mesmo. O acordo com a multinacional estadunidense de petróleo e gás é mais um passo positivo nos investimentos em energia no Brasil.

 

Link : Golar LNG

Mais de mil projetos são cadastrados para Leilão A-5 2016

By | Leilão A5 | No Comments

A Empresa de Pesquisa Energética – EPE cadastrou 1.055 empreendimentos interessados em participar do Leilão A-5 2016, que vai contratar energia elétrica para ser entregue ao mercado a partir de 1º de janeiro de 2021. Ao todo foram 47.618 megawatts inscritos em projetos eólicos; termelétricas a gás natural, biomassa, biogás e carvão; hidrelétricas; e Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs).

O leilão será realizado no dia 5 de fevereiro de 2016

 

Fonte EPE

Leilão A-5 contrata 14 usinas e garante investimentos de R$ 6 bi no país

By | Leilão A5 | No Comments

O Leilão de Energia Elétrica A-5, realizado em30 de abril de 2015, contratou 1.973 megawatts de potência instalada de 14 projetos.

O resultado assegura a entrega de energia elétrica a partir de janeiro de 2020 e significará investimentos de quase R$ 6 bilhões no país. Ao todo, o Leilão movimentou R$ 67,4 bilhões em contratos.

A usina termelétrica a gás natural terá capacidade de 1,5 mil MW e será instalada no Porto de Sergipe, com custo previsto de R$ 3,2 bilhões.O combustível utilizado será o GNL (Gás Natural Liquefeito).

Para o presidente da Empresa de Pesquisa Energética – EPE, Mauricio Tolmasquim, o certame foi um sucesso:

“A contratação de termelétricas é fundamental para trazer segurança ao sistema elétrico brasileiro”, afirmou Tolmasquim, ressaltando que no caso da térmica de Sergipe o projeto contará ainda com a construção de um terminal de regaseificação no Porto de Sergipe. “A unidade de regaseificação é importante para o país, que já conta com outros terminais da Petrobras no Rio de Janeiro, Bahia e Ceará. Para o setor elétrico, a usina de GNL é complementar quando você tem hidrelétricas”, explicou.

Fonte: EPE

CONTRATAÇÃO EMPREENDIMENTO UTE PORTO DE SERGIPE I

By | Leilão A5 | No Comments

Consórcio GPE Sergipe, constituído por GNPW Participações S.A. e Eletricidade do Brasil S.A. – EBRASIL, vem a público comunicar a contratação do empreendimento UTE Porto de Sergipe I, no 21º. Leilão de Energia Nova (A-5), promovido em 30.04.2015 pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL e pela Empresa de Energia Elétrica – EPE.

 

Trata-se de empreendimento com capacidade de geração de energia de 1.515,64 MW, localizado em Santo Amaro das Brotas, no estado de Sergipe, que permitirá a geração de 2.500 empregos diretos até o início da operação, previsto para o 1º. trimestre de 2020. Terá fase operacional de 25 anos, quando demandará em torno de 200 empregos para sua operação.

 

O projeto habilitado foi desenvolvido considerando-se o atendimento aos diversos aspectos determinantes de competitividade no leilão de energia nova, notadamente sustentabilidade ambiental, eficiência energética, inovação tecnológica e segurança, com o que o Consórcio GPE Sergipe espera contribuir com os esforços governamentais, no sentido do aperfeiçoamento da matriz energética brasileira.

 

Futuramente, além da expansão da geração a gás natural no Estado do Sergipe, o portfólio do Consórcio GPE Sergipe contempla viabilizar projetos de fontes alternativas nas regiões nordeste e norte, fomentando a indústria local através da geração de energia renovável.

 

Consórcio GPE Sergipe